Como o Real Hospital Português é um dos hospitais mais bem avaliados do Brasil

Nome: Real Hospital Português
Segmento: Saúde
Atuação: Pernambuco

O Real Hospital Português de Beneficência em Pernambuco foi fundado em 1855, pelo médico português José D’Almeida Soares Lima Bastos. Foi iniciado como centro de resistência para tratar as vítimas da epidemia de cólera que assolava o país. Considerado um dos mais completos centros de excelência médica do Brasil, acreditado pela Joint Commission International (JCI), chegou aos 165 anos em 2020. Tem 850 leitos ativos e realiza, mensalmente, cerca de 15 mil atendimentos nas emergências e mais de dois mil internamentos.

É o maior hospital do Norte-Nordeste, emprega, diretamente, mais de 5.600 funcionários e possui quase dois mil médicos cadastrados. São mais de 60 clínicas especializadas, além de serviço de imagem e laboratórios de análises clínicas e patológicas.

Realizou os primeiros transplantes do Norte e Nordeste de rim, coração e medula óssea. Tem na cardiologia uma especialidade de referência, além de um Centro de Oncologia Integrado e o Programa de Cirurgia Robótica. Em 2021, foram iniciadas as turmas de certificação dos cirurgiões, sendo o primeiro do Nordeste a oferecer a especialização. Ainda na área da formação, mantém o Instituto de Ensino e Pesquisa, que engloba os Programas de Residência Médica e Multiprofissional. Também tem a Escola de Saúde, para a capacitação de profissionais de nível técnico.

Na pandemia da Covid-19, o Real Hospital Português também foi protagonista: treinou as equipes; atendeu com excelência os pacientes que procuraram a Instituição e seguiu como parceiro da saúde pública. Foram destinados 60 leitos de UTI exclusivamente para os pacientes oriundos do SUS.

Estreitar o relacionamento com o paciente como ponto central no Real Hospital Português

Desde 2014, o Real Hospital Português se preocupa com a relação com o paciente também no ambiente digital. O marketing de conteúdo foi um caminho encontrado para estreitar essa relação, sempre pautada em informações de qualidade, de interesse da população e aprovada com equipe de especialistas, que abraçou o projeto e ajuda nessa construção, contribuindo também com conteúdos em vídeos.

Escutar o paciente para transformar em insights

Para que o hospital tenha uma saúde da marca em 95%, sendo um dos mais bem avaliados no digital no Brasil, o caminho não poderia ser outro: ouvir o paciente e colocá-lo no centro das estratégias.

Dessa forma, o RHP buscou analisar a opinião pública a partir de conversas nas suas redes sociais, esclarecer dúvidas dos internautas, produzir conteúdos focados na necessidade do paciente e entender quais sugestões eram feitas ao hospital para que pudesse obter insights e realizar mudanças para gerar valor para as pessoas, aprimorando os serviços oferecidos e o atendimento de excelência ao paciente em sua jornada.

Deixe seu comentário