Estudo de comportamento: idosos e a tecnologia na pandemia

A população brasileira está envelhecendo. Até 2025, 30% da população brasileira deve ser de pessoas com mais de 60 anos, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Enquanto a fatia demográfica dessa faixa etária cresce, os hábitos de consumo também estão sofrendo modificações. Dessa forma, realizamos o estudo de comportamento: idosos e a tecnologia na pandemia, que trouxe os hábitos de consumo e de uso de mídia.

Entender que os seniors almejam revolucionar o conceito tradicional de “velho” é o primeiro passo para conquistar esse público. Eles são ativos, preocupados com a saúde, exigentes e estão na internet, explorando os e-commerces. O estudo aponta que 51,5% dos que começaram a comprar online por causa do isolamento, pretendem continuar usando os e-commerces.

Internet é aliada dos negócios

A internet, inclusive, foi uma aliada nesse período: 76% dos pesquisados responderam que a estão usando mais, seja para manter contato com familiares/amigos, entretenimento, lazer ou compras. “Os negócios que querem criar um relacionamento com a faixa etária 60+ devem investir nas redes sociais. Em especial no WhatsApp, que é a plataforma favorita dos idosos. Apostar em vídeos também é uma dica para os empreendedores. Esse tipo de conteúdo é o preferido dos seniors, seguido por conteúdos textuais”, disse Socorro Macedo, diretora da Le Fil sobre o estudo de comportamento: idosos e a tecnologia na pandemia.

Para chegar a essas conclusões, a Le Fil realizou 89 entrevistas online no início de março de 2021. A pesquisa também explorou quais são as mídias sociais que o público idoso usa e com que frequência. Buscou-se entender como se relacionam com as empresas nas redes sociais e qual o nível de fidelidade às marcas. Além de fatores que são mais importantes para fechar a compra e mudanças de comportamento devido a pandemia.

O material completo pode ser conferido pelos assinantes da Le Fil EDU, plataforma de educação para marketing estratégico da Le Fil. Os interessados podem assiná-la mensalmente para se tornarem membros da comunidade e ter acesso aos cursos oferecidos; mentorias exclusivas; debates ao vivo e análise de cases todos os meses, entre outros conteúdos exclusivos.

Geração Z também está se tornando influente

O Centro de Estudos de Comportamentos e de Consumo da Le Fil também realizou uma pesquisa com a Geração Z, o cliente do futuro. Segundo nossos estudos, 93% dessa geração adquirem produtos online. Se quiser conferir mais sobre a pesquisa, clique aqui.

Deixe seu comentário